24/08/2014 | Celebração da Família | Renascer Ribeirão Preto


Clique aqui e confira a cobertura completa.

24/08/2014 | Celebração da Família | Renascer Batatais


Clique aqui e confira a cobertura completa.

24/08/2014 | Celebração da Família | Renascer Araraquara


Clique aqui e confira a cobertura completa.

24/08/2014 | Café da Manhã +QV | Renascer Ribeirão Preto


As mulheres +QV  da Renascer Ribeirão Preto fizeram o chá +QV... Esquenta para o Encontro de Mulheres que acontece em setembro em Sumaré.

Clique aqui e confira a cobertura completa.

23/08/2014 | Festa do Jordão | Renascer Ribeirão Preto


Aconteceu neste sábado, 24/08, a Festa do Jordão na Renascer Ribeirão Preto onde os queridos Gabriel, Ju, Fabiana e D. Regina desceram as águas e foram batizados.

Clique aqui e confira a cobertura completa.

23/08/2014 | Estação O² | Renascer Ribeirão Preto


Neste sábadão, rolou a Estação O² com a galera da Renascer Ribeirão Preto e Renascer Araraquara.

Muito som com a gelera e Dimas Redenção, teatro e ministração com Pb. Bruno e Márcia.

Clique aqui e confira a cobertura completa.

21/08/2014 | Noite de Poder com Bispo Tavares | Renascer Ribeirão Preto


Nesta quinta, 21 de agosto, aconteceu na Renascer Ribeirão Preto a Noite de Poder com o líder nacional do Ministério de Intercessão Bispo Tavares.

Clique aqui e confira a cobertura completa.

E abaixo a palavra ministrada.

Ser um Guerreiro de Oração

I Sm 17.40-54

Deus está levantando um exército de intercessores apostólicos.

O que é um guerreiro de oração?

É um combatente espiritual que segue a voz de comando do Senhor e não teme o inimigo.

1) Deus mesmo está conosco como um “poderoso guerreiro”

Jr. 20:11 Mas o SENHOR está comigo como um poderoso guerreiro; por isso tropeçarão os meus perseguidores, e não prevalecerão; ...

A expectativa messiânica incluía a esperança de que o Messias fosse um “poderoso” (Is. 9:6)”. (Nas versões portuguesas traduz-se por Deus Forte).

A resposta à enfática pergunta “Quem é o Rei da glória”, no Salmo 24, é: “O Senhor forte e poderoso, o Senhor, poderoso nas batalhas” (v. 8).

Jeová Sabaoth e Jeová Nissi, caminham juntos e são nomes de Deus que apontam para a realidade de um confronto espiritual, de geração em geração, do povo de Deus na terra contra Satanás.

Ap 19.11-16  E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça.
12  E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo.
13  E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus.
14  E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.
15  E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso.
16  E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores.

E no meio das batalhas Ele é nosso Nissi, nossa vitória, nossa bandeira. De fato Ele está conosco “como poderoso guerreiro”.

Portando, essa guerra é do Senhor
II Cr 20.15  E disse: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Jeosafá; assim o SENHOR vos diz: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão; pois a peleja não é vossa, mas de Deus.
  

2) Como ser habilitado na batalha

Sl 18.32-34  Deus é o que me cinge de força e aperfeiçoa o meu caminho.
33  Faz os meus pés como os das cervas, e põe-me nas minhas alturas.
34  Adestra as minhas mãos para a guerra, de sorte que os meus braços quebraram um arco de cobre.

Ora, como o confronto é espiritual, o treinamento também o é.

Portanto, o Senhor tem instruído o povo de Deus, em geral, e os intercessores apostólicos, em particular, na vida de comunhão com Ele e obediência à Sua Palavra, na dependência do Espírito Santo e autoridade do Senhor Jesus, buscando o aperfeiçoamento para sermos segundo Sua imagem.

Ef 4.12  Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;
13  Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,
14  Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.
15  Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo

A formação de Cristo, em Sua plenitude, no coração dos homens, é o alvo supremo dessa intercessão. Ela nos tomará e levar-nos-á a entrar no trabalho de alma, até que os planos de Deus para com os filhos dos homens venham à luz e Ele seja glorificado.

3) Armas de Combate na Oração

A oração tem terríveis inimigos no reino das trevas, mas Deus nos deu os recursos inesgotáveis da Sua graça para nos conduzir em triunfo.

mas 2 Coríntios 10:4 revela-nos que temos armas espirituais, da parte de Deus, para vencer essa batalha
2 Co 10.4 Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim, poderosas em deus, para destruição das fortalezas

Que fortalezas são essas? São os arraiais que satanás monta à nossa volta. Ele sabe muito bem, que precisa incutir pensamentos destrutivos para derrubar as pessoas, e nós precisamos estar conscientes de que a guerra espiritual com relação às fortalezas por ele levantadas em nossa mente é ferrenha.

Satanás não está brincando de matar, roubar e destruir. Esta é a sua missão, e ele é obstinado por ela

Daniel 10:12-21 revela o conflito espiritual para impedir a resposta às nossas orações.

Efésios 6:10-18 deixa claro que a oração tem seu lado de batalha, 

São 12 as armas principais para enfrentarmos uma batalha espiritual. 
1. Andar na verdade
2. Santidade
3. Pregação do Evangelho
4. Fé
5. Amor
6. Certeza da salvação
7. Oração perseverante
8. Jejum
9. Clamor
10. Profetizar
11. Perseverança
12. Poder do Espírito Santo

Quando usamos essas armas contra o inimigo, é como se nós jogássemos uma bomba no arraial de satanás, e a igreja sai vitoriosa porque a presença do Reino de Deus se manifesta poderosamente.

Jesus nos deu autoridade de ligar e desligar (Mt. 16:18).
Podemos lançar mão dessa autoridade e declarar guerra às forças de Satanás, enfrentando-as:

1 – Na autoridade do nome de Jesus, a Quem tudo está sujeito
Fl 2.10-11  Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
11  E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o SENHOR, para glória de Deus Pai.

2- Com a arma de combate, que é a Palavra de Deus
Ef 6.17-18  Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
18  Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,

Apoc 19.21  E os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram das suas carnes.

3 – Sob a cobertura do sangue de Cristo e no poder do Espírito Santo
Ap 12.10-11  E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite.
11  E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte.

4 – Com a nossa fé
I Jo 5.4  Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.

O inimigo será vencido por um poder maior, um valente maior - Mt. 12:29,

pois “Maior é Aquele que está em nós…”
I Jo 4.4  Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo.

Enfrentamos o inimigo falando diretamente a ele, exercendo nossa fé na obra de Cristo.

Tg 4.7 Resisti ao diabo e ele fugirá de vós.


4) CHAMADO PARA SER UM GUERREIRO APOSTÓLICO DE ORAÇÃO

Vivemos dias proféticos, quando as palavras de Deus se cumprem diante dos nossos olhos.

Nunca a Igreja esteve tão consciente da realidade espiritual que influencia a vida terrena,

tanto no Reino de Deus quanto no de Satanás.

Sentimos na carne o grande confronto entre os poderes da Luz e das trevas.

Parece que o adversário reuniu todas as suas forças e poderes malignos, para um golpe de desespero, tentando conquistar o que pode durante o tempo que lhe resta.

Por outro lado, os Céus se têm aberto e há um derramar do Espírito de Deus e verdades são compartilhadas com os guerreiros apostólicos do Senhor, que recebem as estratégias de guerra para vencer o inimigo.

Deus levanta hoje um exército de guerreiros apostólicos a quem equipa e dirige para saquear o inferno e povoar o Céu.

A profecia de Joel, que se refere aos tempos do fim, declara:

Joel 2:11 O Senhor levanta a Sua voz diante do Seu exército; porque muitíssimo grande é o Seu arraial; porque é poderoso quem executa as Suas ordens; sim, grande é o Dia do Senhor.

Isso demonstra que Deus levanta um exército capaz, qualificado com Sua habilidade divina, amadurecido, ousado, digno, virtuoso, possuidor de todos os recursos de toda ordem para fazer a batalha, grande em número e poder.

E agora a voz de comando se faz ouvir:

Joel 3:9-11 Proclamai isto entre as nações, apregoai guerra santa; suscitai os valentes; cheguem-se, subam todos os homens de guerra. Forjai espadas das vossas relhas de arado, e lanças das vossas podadeiras; diga o fraco: Eu sou forte. Apressai-vos, e vinde, todos os povos em redor, e congregai-vos; para ali, ó Senhor, faze descer os teus valentes.

O Senhor dos Exércitos é um guerreiro e suscita os Seus guerreiros e até mesmo o que se acha fraco diga: “Sou um guerreiro!”

Somos:
Embaixadores de Cristo - II Co 5:20
Templo do Espírito Santo - I Co 3:16
Direito de chamar a Deus de Aba-Pai - Rm 8:15
Adotado pelo Pai como filhos - Ef 1:5
Nossos pecados foram perdoados - Cl 1:14
Selados pelo Espírito Santo - Ef. 1:13

Temos em Cristo, autoridade para:
Pisar em serpentes e escorpiões e sobre o poder do inimigo - Lc. 10:19
Expelir demônios - Mc 3:14
Curar todos os tipo de enfermidade - Mt. 10:1

Is 6.5  Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos.
6  Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz;
7  E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniquidade foi tirada, e expiado o teu pecado.
8  Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.

O Senhor chama Seus valentes, Seus guerreiros e os mobiliza para que sejam devidamente treinados e participem da batalha final contra os poderes do inferno.

Sl 18.32  Deus é o que me cinge de força e aperfeiçoa o meu caminho.
33  Faz os meus pés como os das cervas, e põe-me nas minhas alturas.
34  Ensina as minhas mãos para a guerra, de sorte que os meus braços quebraram um arco de cobre.
35  Também me deste o escudo da tua salvação; a tua mão direita me susteve, e a tua mansidão me engrandeceu.
36  Alargaste os meus passos debaixo de mim, de maneira que os meus artelhos não vacilaram.
37  Persegui os meus inimigos, e os alcancei; não voltei senão depois de os ter consumido.
38  Atravessei-os de sorte que não se puderam levantar; caíram debaixo dos meus pés.
39  Pois me cingiste de força para a peleja; fizeste abater debaixo de mim aqueles que contra mim se levantaram.
40  Deste-me também o pescoço dos meus inimigos para que eu pudesse destruir os que me odeiam.
41  Clamaram, mas não houve quem os livrasse; até ao SENHOR, mas ele não lhes respondeu.
42  Então os esmiucei como o pó diante do vento; deitei-os fora como a lama das ruas.

Quando assumimos nossa posição em Cristo, e recebemos dele autoridade, passamos a usar as armas com destreza, e aí sim, podemos nos revestir da armadura de Deus e estaremos prontos para enfrentar qualquer tipo de Batalha Espiritual. Estaremos prontos para enfrentar qualquer um dos níveis do império das trevas. Como soldados, estaremos prontos para guerrear, e com certeza sairemos vitoriosos. Se você não se posiciona, você tem medo. Se você tem medo, você não usa as armas e é derrotado.

Sempre que surgir um desafio, devemos enfrentar agressivamente as forças das trevas, tendo sempre em mente, que quando nós esperamos no Senhor, Ele vai nos mostrar qual estratégia ou método de guerra usar. Deus é um deus de relacionamento, é um Pai apaixonado por sua família e Ele dá mais prioridade ao AMOR do que ao serviço (o ativismo nos distância de Deus). É o nosso relacionamento com Cristo que nos prepara para as batalhas; sejam elas grandes ou pequenas, sempre sairemos vitoriosos, desde que usemos a arma certa, no local certo, e na hora certa.